PSICOPEDAGOGA CLÍNICA E INSTITUCIONAL
PEDAGOGA / HOSPITALAR

30 anos de experiência em Vida Escolar | Membro da Associação Brasileira de Psicopedagogia - ABPp

Follow me on instagram

Copyrights 2017 © Todos os Diretos Reservados a Denise Aragão

 

ORGANIZAÇÃO INFANTIL – DE CASA À ESCOLA

Requisito para todas as instâncias da vida

ORGANIZAÇÃO INFANTIL – DE CASA À ESCOLA

A organização infantil está potencialmente ligada à forma com que o sujeito estabelece suas interações ao longo do desenvolvimento humano. Nesse contexto, regras e disciplina estão intimamente ligadas ao início da organização subjetiva.

É importante destacar de pronto, que a criança é fortemente marcada pelo meio ambiente o qual está inserida, tem sua família como referência constante e é nessa interação que ela se constitui enquanto indivíduo.

Imagem PIXABAY

Dessa forma, a organização se dá a partir de um determinado lugar, modo de viver, tempo e contexto histórico. Uma boa base de organização nos primeiros anos, será o alicerce na edificação da vida, em todas as suas instâncias.

ORGANIZAÇÃO INFANTIL É MOVIMENTO

No trato do desenvolvimento nada é estático. Da mesma forma que a criança é marcada pela interação com as pessoas, deixa suas marcas, num constante processo de movimento de criação, significação e ressignificação do conhecimento e das diferentes formas de viver e se organizar.

Pessoas e meio ambiente são de grande influência, portanto questões sobre organização e aprendizagem de crianças típicas ou de crianças com distúrbios de aprendizagem dependem da proporção do investimento a elas destinado.

Imagem PIXABAY

Mas só o ambiente não é suficiente. O exemplo dos pais e os ditos também são de extrema importância. Sabe quando falamos que isso pode hoje, mas de repente amanhã não pode? Pois é, isso também influencia bastante na organização mental da criança.

Vale explicar porque isso que podia hoje, passou a não poder mais, e vice versa. Tal atitude demonstra que as coisas são passíveis de mudança, desde que haja um sentido em mudar.

ORGANIZAÇÃO ESCOLAR

Diante de tudo o que foi dito anteriormente, fica bem mais fácil compreender o que acontece quando uma criança não apresenta o mínimo necessário de organização em seu ambiente familiar.

Essa dose de desorganização poderá se instalar igualmente no cotidiano escolar, dificultando o desenvolvimento de habilidades e competências fundamentais na alfabetização, matemática e em seus relacionamentos interpessoais.

Imagem PIXABAY

 

A solidificação de requisitos importantes como atenção, concentração, ritmo, sequencia, seriação e lateralidade, necessitam de um ambiente organizado para serem abstraídos e internalizados.

Nesse contexto de ensino-aprendizagem formal, é fundamental que o professor tenha um planejamento de ensino organizado, a fim de proporcionar aos alunos um cenário que muitas vezes se contrapõe ao que eles vivenciam em casa.

Uma rotina pré-estabelecida, marcada por começo, meio e fim, antecipando os acontecimentos do período escolar, faz-se necessária para demonstrar metas, assim como o processo a se percorrer, no intuito de alcançar os objetivos individuais e coletivos. Isso contribui enormemente na organização infantil.

No próximo post falaremos um pouco sobre a organização dos cadernos escolares, angustia de muitos professores e responsáveis por essa galerinha.

Se gostou dá um curtir lá em cima e compartilhe.

Até a próxima.

Denise Aragão- Psicopedagoga

 

 

 

 

Compartilhe
Psicopedagoga, pedagoga, educadora, mãe de menino e menina.
Nenhum Comentário

Deixe um comentário