PSICOPEDAGOGA CLÍNICA E INSTITUCIONAL
PEDAGOGA / HOSPITALAR

30 anos de experiência em Vida Escolar | Membro da Associação Brasileira de Psicopedagogia - ABPp

Follow me on instagram

Copyrights 2017 © Todos os Diretos Reservados a Denise Aragão

 

QUE TAL FAZER UM PIQUENIQUE NAS FÉRIAS?

QUE TAL FAZER UM PIQUENIQUE NAS FÉRIAS?

Por que piquenique é tão legal? Penso que é porque quando falamos em piquenique  já pensamos em algum lugar ao ar livre, como um bosque, um parque… associamos à natureza.

Depois tem a preparação que geralmente é no dia anterior, porque saímos bem cedo para o evento. A garotada nem dorme direito de tanta ansiedade! Falta muito? Que horas vai ser? Posso comer um desses daqui?

Isso mesmo! Tem as comidinhas preferidas de quem vai ao piquenique, que são sanduíches, frutas, bolos, tortas, embaladas uma a uma, crescendo a olhos vistos da criançada! Tudo muito caprichado.

Mas tem a parte mais legal! É que nesse evento você compartilha com os outros aquilo que você trouxe. Esse ato vem de muito, mas muito tempo atrás. De quando o homem ainda era nômade! Comer juntos dividindo a provisão em porções.

Piquenique no Villa Lobos

A palavra piquenique tem origem no francês pique-nique, no século XVII. Ela aparece pela primeira vez na edição de 1649 do livro Les charmants effets des barricades, para designar uma refeição convivial ao ar livre.

Estava lembrando do piquenique de bonecas que aconteceu no dia 25 de junho lá no Parque Villa Lobos e organizado pela Hasbro, a empresa que fabrica a boneca Baby Alive.

A intenção era que o evento entrasse para o Guinees Book como o maior piquenique de bonecas do mundo. Fiquei sabendo porque a Alice e a Fabiana, sua mãe, foram e mandaram fotos lindas para o grupo da nossa família.

Isso me fez lembrar da infância da Fabiana e suas irmãs, minhas primas,  porque quando elas eram pequenas eu costumava fazer eventos muito semelhantes para elas. Sei que isso marcou a infância das meninas, porque vira e mexe elas lembram dos batizados de novas bonecas, nascimentos e casamentos realizados no quintal.

Bonecas Baby Alive

Deixando o evento de lado e pensando na proposta, de início fiquei apreensiva porque o convite era das bonecas Baby Alive, que eu considero relativamente caras.

Como sempre penso em crianças de famílias com poder aquisitivo baixo, fiquei com um pé atrás achando que quem não tivesse a boneca não poderia participar, mas não foi assim…Que bom!

Meninas levaram bonecas de todos os tipos e uma infinidade de Baby Alive, claro! Meninos levaram seus bonecos e juntos puderam desfrutar de momentos únicos com sua família e outras crianças.

Piquenique com bonecos é legal porque você finge que é mamãe e papai e cuida dos filhinhos com todo amor e carinho.

Isso chama-se jogo simbólico, mas esse papo fica para outro dia.

Compartilhe
Psicopedagoga, pedagoga, educadora, mãe de menino e menina.
Nenhum Comentário

Deixe um comentário